Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Qual o compromisso da Nestlé para o plástico?

A Nestlé está fortemente comprometida a minimizar o impacto que tem no ambiente, incluindo assegurar o correto encaminhamento ou reutilização das suas embalagens.

As embalagens de plástico desempenham um importante papel na disponibilização segura de alimentos e bebidas, reduzindo perdas e desperdícios, por isso é necessário considerar cuidadosamente as alternativas antes de iniciar alterações. A Nestlé acredita que, com uma correta abordagem, a recolha e a reciclagem de embalagens é possível realizar-se sem causar prejuízos no ambiente.

O objetivo da Nestlé é que nenhuma das suas embalagens, incluindo plásticos, termine o seu ciclo de vida em aterros sanitários ou como lixo, seja nos mares, nos oceanos ou nos restantes cursos de água. Para tal, a Nestlé está empenhada em encontrar as melhores soluções para reduzir, reutilizar e reciclar, comprometendo-se a assegurar que 100% das suas embalagens serão reutilizáveis ou recicláveis, incluindo a não utilização de plásticos não recicláveis, até 2025.

Saiba mais aqui sobre este compromisso.

 

O que está a fazer a Nestlé para reduzir os resíduos de embalagens?

Abordar a poluição por plástico é uma prioridade urgente para a Nestlé, levamos essa responsabilidade muito a sério.

Nesse sentido, estamos a acelerar as nossas ações para resolver o problema dos resíduos plásticos e gerar uma mudança significativa em todos os países onde operamos. Estamos a trabalhar com governos, ONG’s, fornecedores, empresas gestoras de resíduos, retalhistas e outras empresas para levar a cabo ações significativas.

A nossa visão é que nenhuma das nossas embalagens, incluindo plásticos, acabe em aterros ou no lixo. Esta visão não é apenas um ideal, estamos a trabalhar ativamente para a realizar e ajudar a alcançar um futuro sem desperdício.

No ano passado, anunciámos o nosso compromisso de tornar 100% das nossas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025. Em janeiro de 2019, apresentámos a nossa visão mais ampla de um futuro livre de resíduos e anunciámos uma série de ações concretas.

Sabemos que isso não é suficiente e estamos determinados a contemplar todas as opções disponíveis para resolver este complexo desafio e considerar diferentes soluções que possam ter impacto.

Estamos a concentrar os nossos esforços em três áreas para impulsionar a mudança:

  1. Liderar o lançamento de materiais alternativos
  2. Projetar um futuro sem desperdício
  3. Promover novos comportamentos

Em que consistem estas três principais áreas que visam abordar os resíduos de embalagem?

     1. Liderar o lançamento de materiais alternativos

Em dezembro de 2018, anunciámos a criação do Instituto Nestlé para a Ciência das Embalagens para desenvolver materiais de embalagem sustentáveis e colaborar com os parceiros da indústria para ampliar a Investigação e a Inovação.

Através deste Instituto, estamos a explorar atualmente uma série de inovações, que incluem novos materiais com base em papel e polímeros biodegradáveis/compostáveis que também são recicláveis.

De 2020 a 2025, eliminaremos todos os plásticos que não sejam recicláveis ou que sejam difíceis de reciclar de todos os nossos produtos a nível mundial, mediante a implementação de materiais de embalagem alternativos e a parceria com especialistas de embalagens, entre eles a Danimer Scientific e a PureCycle Technologies. Estamos decididos a reduzir o uso de plásticos de apenas uma utilização. Para tal, estamos a introduzir embalagens reutilizáveis, novos sistemas de entrega e modelos de negócio inovadores.

  • Estamos a trabalhar com a organização Loop para o desenvolvimento de embalagens recicláveis. Estamos, atualmente, a testar embalagens de gelado reutilizáveis para a nossa marca Häagen-Dazs nos Estados Unidos.
  • Contamos com dispensadores para Nescafé e Milo que já estão disponíveis em muitos países em todo o mundo.
  • No início de 2020, lançaremos dispensadores de água inovadores que permitam aos consumidores encher as suas próprias garrafas de água reutilizáveis.

Estes modelos inovadores formam parte de um conjunto mais amplo de ações, que incluem a promoção da reciclagem e o desenvolvimento de novas soluções de embalagens biodegradáveis e compostáveis.

No passado mês de fevereiro começámos a eliminar todas as palhinhas de plástico dos nossos produtos, utilizando materiais alternativos como o papel, assim como modelos inovadores para reduzir o lixo.

Através do Consórcio NextGen e o Cup Challenge, unimos forças com outros sócios da indústria para desenvolver uma chávena em fibra, compostável e completamente reciclável.

Em março de 2019, lançámos o Nesquik All Natural em cinco mercados europeus, Portugal incluído, utilizando um novo e inovador material de embalagem de papel que não contém plástico e que é totalmente reciclável através do sistema de reciclagem de papel existente (ecoponto azul).

A Nestlé Waters aumentará, a nível mundial e até 2025, o conteúdo de PET reciclado nas suas garrafas até 35% e até 50% nos Estados Unidos. O negócio elevará o conteúdo de PET reciclado para marcas europeias Acqua Panna, Buxton, Henniez e Levíssima até 50% em 2025.

     2. Desenhar um futuro livre de desperdícios

Além de cumprir o nosso compromisso para 2025, a nossa ambição de longo prazo é interromper a presença de resíduos de plástico no meio ambiente em todas as nossas operações. Aqui, o principal desafio radica na recolha e classificação de resíduos, particularmente nos países sem sistemas formais de gestão de resíduos.

A Nestlé uniu-se à Veolia, a companhia líder mundial de gestão de recursos, para trabalhar a recolha, classificação e reciclagem de material plástico, com um ênfase particular nas embalagens de plástico flexíveis. Os projetos estão centrados em 11 países prioritários na Ásia, em África, na América Latina e na Europa.

Trabalhando com os nossos aliados, lançaremos também a Aliança de reciclagem de plásticos de África, que tem como objetivo melhorar a recolha e a reciclagem de plásticos e criar empregos e atividade comercial através desse processo.

Na Indonésia, a Nestlé tornou-se a primeira empresa de alimentos a associar-se ao Projeto STOP, uma iniciativa líder para evitar o despejo de plástico no oceano, desenvolvendo parcerias com cidades e governos no Sudeste Asiático. Fizemos também parcerias com outras empresas e governos para assinar o Compromisso Global para a New Plastics Economy, uma iniciativa liderada pela Fundação Ellen MacArthur e pelo Departamento de Meio Ambiente das Nações Unidas, para promover e incentivar o progresso na luta contra os resíduos de plástico.

     3. Promover novos comportamentos

Na Nestlé queremos liderar pelo exemplo, como tal, estamos a tomar medidas imediatas para evitar o desperdício de plástico nas nossas instalações, assim como nas comunidades locais com as quais trabalhamos.

As 4.200 sedes da Nestlé em todo o mundo estão a eliminar plásticos descartáveis que não podem ser reciclados, substituindo-os por materiais que podem ser facilmente reciclados ou reutilizados.

Vamos comunicar o nosso compromisso com a reciclagem em todas as nossas instalações e fornecer pontos de reciclagem para materiais como PET e alumínio. Os funcionários da Nestlé em todo o mundo dedicarão também dias de voluntariado à recolha de lixo e participarão em atividades de limpeza no âmbito do Dia Mundial dos Oceanos, que se celebra a 8 de junho. O Comité Executivo da Nestlé e os funcionários da Sede participarão numa atividade de limpeza que ocorrerá no próximo verão de 2019 num lago de Genebra.

O que que querem dizer com a frase: "100% de recicláveis não é suficiente"?

Que conseguir uma embalagem 100% reciclável ou reutilizável não é suficiente. Estamos comprometidos em atingir essa meta até 2025, mas sabemos que isso não é suficiente.

Deixaremos de usar recipientes de plástico onde isso fizer sentido e exploraremos alternativas, como papel e materiais biodegradáveis ou compostáveis.

Isso é especialmente importante em lugares onde não há infraestrutura de reciclagem disponível, ou não haverá no curto prazo. A Nestlé participa também em projetos que visam reduzir a acumulação de resíduos plásticos no meio ambiente, como o Projeto STOP na Indonésia.

Os esforços para moldar um futuro livre de resíduos começam na Nestlé, por isso estamos também a incentivar os nossos funcionários a dedicarem os seus dias de voluntariado à recolha de lixo.

O que significa "eliminar" os plásticos não recicláveis ou difíceis de reciclar?

Fizemos uma lista de plásticos difíceis de reciclar que parámos de usar para ajudar nos esforços de reciclagem, com a definição de um calendário específico para eliminar a sua utilização.

Começaremos também a eliminar plásticos numa ampla gama de materiais nos nossos negócios de gelados, confeitaria e bebidas e na redução da quantidade de embalagens que usamos. Esses esforços podem levar à eliminação de mais de 40.000 toneladas de plástico em 2019.

Quais são as principais alternativas aos plásticos que utilizarão?

O nosso enfoque inclui a investigação de materiais totalmente degradáveis ou "biodegradáveis", que possam reduzir o impacto dos resíduos de embalagem quando a recolha e a reciclagem sejam difíceis ou quando as infraestruturas não estejam disponíveis.

Precisamos de garantir que esses materiais são recicláveis para evitar consequências não desejadas e continuaremos a promover a reciclagem e a mudança de comportamento para garantir que as embalagens sejam descartadas adequadamente.

Para alguns dos nossos produtos que incluem resíduos orgânicos, como cápsulas de café, acreditamos que a compostagem oferece a melhor forma para aumentar a reciclagem. Estamos a projetar a próxima geração de cápsulas para permitir que isso aconteça.

Para aplicações como papel, os novos revestimentos permitirão aos consumidores descartá-los no sistema tradicional de reciclagem de papel.

Estamos também a colaborar com a Danone, a PepsiCo e a Origin Materials na NaturALL Bottle Alliance para desenvolver uma garrafa de PET de base biológica.

O que acontece com os modelos de entrega alternativos para os produtos Nestlé?

Estamos atualmente a testar várias abordagens interessantes, uma das quais é o Projeto LOOP nos Estados Unidos, onde os recipientes recarregáveis são usados para os gelados da marca Häagen-Dazs.

Mas esses modelos por si só não resolverão o problema. Eles fazem parte de um conjunto mais amplo de ações que incluem a melhoria da reciclagem das embalagens e das taxas de embalagem e a reciclagem e a exploração de embalagens biodegradáveis e compostáveis.

A Nestlé está presente em 196 países em todo o mundo. Precisamos encontrar a solução certa para cada situação.

O que estão a fazer para aumentar o uso de plásticos reciclados?

A nossa utilização atual de plástico reciclado em todo o mundo é de 5% e estamos a trabalhar muito para aumentar essa percentagem.

Já utilizamos plástico reciclado nas nossas coberturas/películas retráteis e a Nestlé Waters pretende aumentar em 35% o uso de PET reciclado (rPET) nas suas garrafas em todo o mundo, até 2025, sendo que nos Estados Unidos essa percentagem é de 50%.

Além disso, a Nestlé Waters aumentará para 50% o conteúdo de PET reciclado nas suas marcas europeias Acqua Panna, Buxton, Henniez e Levissima até 2025. Também até 2025 as garrafas, os filmes de material PET laminado, as tampas de garrafas de vidro, as covettes de produtos de carne e os filmes retráteis dessas mesmas covettes conterão pelo menos 25% a 50% de material reciclado, dependendo do tipo de embalagem.

Que resposta dão ao último relatório do Greenpeace sobre resíduos de embalagens?

O relatório do Greenpeace / Break Free from Plastic, "Uma crise de conveniência", destaca o desafio que temos como sociedade com respeito às embalagens e resíduos de plástico.

Como mostra o relatório, a Nestlé tem uma pegada considerável para gerir em relação às embalagens. Esta página mostra precisamente como estamos a trabalhar arduamente para eliminar plásticos não recicláveis e explorar alternativas.

Trabalhando com os nossos parceiros na cadeia de valor e com as associações do setor, estamos a explorar soluções para reduzir o uso de plástico, facilitar a reciclagem e desenvolver novas abordagens para eliminar o desperdício de plástico.

Todos queremos ver um futuro sem desperdício. É vital que as marcas, os produtores de embalagens, as empresas de gestão de resíduos, os governos e a sociedade civil trabalhem em conjunto para o conseguir.

Porque utilizam plásticos e não alternativas mais "eco-friendly"?

Os recipientes de plástico desempenham um papel importante para garantir que os nossos alimentos e bebidas sejam seguros e assegurem uma redução do desperdício de alimentos. Antes de fazer alterações, devemos considerar cuidadosamente qualquer alternativa.

O nosso objetivo é utilizar embalagens com o menor impacto ambiental possível. Em cada país onde a Nestlé opera, devemos cumprir os regulamentos e as normas da indústria alimentar, que, frequentemente, determina os tipos de materiais que podemos utilizar para embalar os nossos produtos.

As novas tecnologias e inovações oferecem uma variedade maior de materiais e formatos de embalagem que são mais respeitadores do meio ambiente. Reconhecemos isso e estamos comprometidos em trabalhar com os nossos parceiros e as associações do setor para explorar novas soluções de embalagem, reduzir o uso de plástico, facilitar a reciclagem e desenvolver novas abordagens para eliminar o desperdício de plástico.

O que se passa com o tema dos formatos individuais?

À medida que aumenta o número de lares individuais, aumenta também a procura por porções menores, por essa razão os formatos individuais são cada vez mais populares. Reconhecemos que os formatos individuais, que muitas vezes também são "de uso único", representam uma proporção muito grande dos resíduos plásticos no ambiente. Estamos a trabalhar em conjunto com outros parceiros para encontrar soluções eficazes e escalonáveis para este problema crítico, que inclui a pesquisa por embalagens alternativas, a melhoria da recolha após o seu uso e o desenvolvimento de infraestruturas de reciclagem eficazes.

Por que razão utilizam garrafas de plástico PET e como fomentam a sua reciclagem?

O PET proporciona leveza, resistência e transparência e é um material 100% reciclável. No entanto, metade da totalidade das garrafas não se reciclam, uma quantidade significativa acaba em aterros ou como detritos marinhos.

Como empresa global de água engarrafada, temos a responsabilidade de ajudar a potenciar todos os benefícios económicos, sociais e ambientais das garrafas PET como um recurso reutilizável.

Estamos a desenvolver projetos colaborativos que possam melhorar a recolha de plásticos e partilharemos as nossas descobertas para avaliar se elas podem ser expandidas ou replicadas. Por exemplo, nos Estados Unidos investimos seis milhões de dólares no Closed Loop Fund (que reúne dinheiro de empresas, governos e parceiros comunitários) para desenvolver programas de infraestruturas de reciclagem em cidades dos Estados Unidos.

Os consumidores têm também um papel vital a desempenhar. Ajudamos a aumentar a consciencialização por meio de plataformas de marcas e programas de educação corporativa, como a Geração R na Itália, na Argentina, no Reino Unido e na Tailândia. Na América do Norte, introduzimos instruções claras e consistentes do How2Recycle nos rótulos das garrafas de meio litro das nossas principais marcas dos EUA. Continuaremos a usar a força das nossas marcas para incentivar os consumidores a reciclar.

De que forma estão a tornar as garrafas de PET mais sustentáveis?

Aplicamos os princípios de "reciclagem por projeto" e realizamos avaliações de ciclo de vida para minimizar a pegada ambiental de todas as nossas garrafas de bebidas. Nos últimos 10 anos, reduzimos em 22% a quantidade de PET que precisamos para cada litro de água engarrafada.

A Nestlé Waters aumentará o conteúdo de garrafas PET recicladas em 35% em todo o mundo e 50% nos Estados Unidos, até 2025, com um foco específico na Polónia, na marca Primavera. A empresa aumentará ainda em 50% o conteúdo de PET reciclado para as marcas europeias Buxton, Henniez, Levissima, até 2025.

Em 2016, cofundámos a NaturALL Bottle Alliance com a Danone e a Origin Materials, para alimentar a próxima geração de PET de origem biológica, utilizando matérias-primas de biomassa, tais como papelão e polpa de madeira.

Estamos a trabalhar para desenvolver uma garrafa PET feita de recursos 100% sustentáveis e renováveis e disponibilizaremos a tecnologia para toda a indústria de alimentos e bebidas.

De que forma estão a reduzir a utilização de uso geral de embalagens?

Nos últimos anos, temos feito progressos consideráveis na minimização da quantidade de embalagens usadas nos nossos produtos, garantindo a qualidade e a segurança. Através do nosso processo de design ecológico, estamos no caminho certo para alcançar o nosso objetivo de evitar 140.000 toneladas de materiais de embalagem até 2020, tendo 2015 como ano de partida.

Até ao final de 2017, eliminámos mais de 100.000 toneladas de materiais de embalagem dos nossos processos de produção. O equivalente a 10 torres Eiffel.

Antes de abril de 2018 a Nestlé estava comprometida em melhorar o rendimento ambiental das suas embalagens, o que incluiu a redução do volume total de embalagens que utilizamos. É nesta base que estão assentes os nossos novos compromissos, para criar uma abordagem mais específica ao problema das embalagens de plástico.

Continuamos a otimizar as embalagens de acordo com a nossa Política de Sustentabilidade Ambiental (pdf, 320Kb), reduzindo não só a quantidade que usamos, mas também utilizando materiais de embalagem e soluções inovadoras para melhorar o rendimento das embalagens e os impactos do seu transporte.

De que forma ajudam a desenvolver os sistemas de esquemas de recolha, classificação e reciclagem de plásticos?

Assumimos um papel ativo no desenvolvimento de sistemas de recolha, classificação e reciclagem que funcionam corretamente nos países onde operamos. Para resolver o problema global dos resíduos de embalagens plásticas, a indústria, os governos locais e nacionais, a sociedade civil e os consumidores têm um papel vital a desempenhar.

O trabalho que fazemos depende de como o lixo é gerido num local específico, mas pode incluir o desenvolvimento de sistemas de depósito e de retorno (DRS) ou a responsabilidade estendida do produtor (EPR). Onde nos for possível, utilizaremos a nossa experiência e o conhecimento técnico para agregar valor e assumir um papel de liderança para impulsionar a mudança na indústria.

Como podem ajudar os consumidores reciclar corretamente as embalagens dos produtos?

Os consumidores têm um papel vital a desempenhar na melhoria das taxas de reciclagem e estamos empenhados em aumentar o seu conhecimento e envolvimento na forma correta de descartar e reciclar as embalagens dos nossos produtos, incluindo através da rotulagem. Faremos isso através das nossas marcas e através dos nossos canais de comunicação corporativa.

O que tem a dizer sobre os micro-plásticos na água engarrafada?

Visite nossa página dedicada ao tema: o que interessa saber sobre microplásticos.