Pedido de patente Nestlé para planta de erva-doce

A Nestlé não está a tentar patentear a Nigella Sativa (também conhecida como flor de erva-doce ou cominho preto).

Em 2009 a Nestlé fez um pedido de patente para proteger a utilização de moléculas para o tratamento ou prevenção das alergias alimentares, mas não registou qualquer patente para a Nigella Sativa. Esta patente, que ainda não foi aprovada, não impede o uso da Nigella Sativa para quaisquer outros fins, inclusive para medicamentos tradicionais e naturais.

Saiba mais sobre a Nestlé e a Biodiversidade aqui.