Declaração do CEO

"Ao longo dos últimos dois anos a nossa Companhia tem trabalhado com diversos interessados, com vista a definir melhor a forma como os negócios podem satisfazer as necessidades da sociedade e, em especial, o papel da Nestlé no desenvolvimento mundial. Em Abril de 2009, organizámos o nosso primeiro Forum da Criação de Valor Partilhado em colaboração com as Nações Unidas, em Nova Iorque. Este Forum envolveu diferentes grupos interessados de organizações intergovernamentais, humanitárias e religiosas, membros do mundo académico e o recém-criado Conselho Consultivo de especialistas mundiais em Criação de Valor Partilhado. Como resultado, o nosso pensamento evoluiu do conceito de Responsabilidade Social das Empresas (RSE) para o de Criação de Valor Partilhado (CVP).

A Criação de Valor Partilhado demonstra que, para a nossa empresa ter sucesso a longo prazo, deve considerar simultaneamente as necessidades dos dois principais interessados: as sociedades dos países onde actuamos e os nossos accionistas.

Qualquer empresa que adopte uma visão a longo prazo, e que se reja por princípios de negócio sólidos, estará a criar valor para os accionistas e para a sociedade através das suas actividades, por exemplo, no que diz respeito à criação de postos de trabalho, aos impostos que apoiam os serviços públicos e à actividade económica em geral.

Contudo, a Criação de Valor Partilhado vai um pouco mais além. A empresa identifica conscientemente as áreas de enfoque nas quais se intersectam, de forma mais significativa, o interesse dos accionistas e da sociedade e onde a criação de valor pode ser optimizada para ambos. Consequentemente, a empresa investe os seus recursos, em termos de competências e de capital, nas áreas que apresentam o maior potencial para uma criação de valor conjunta e p rocura colaborar activamente com entidades de relevo na sociedade.

Na Nestlé analisámos a nossa cadeia de valor e determinámos que as áreas com maior potencial para a optimização de valor conjunto com a sociedade são a Nutrição, a Água e o Desenvolvimento Rural. Estes três pilares são centrais para a nossa estratégia de negócios e de funcionamento, sendo que possuímos programas conjuntos, com mais de 100 organizações em todo o mundo, nestas três áreas de actuação:

• Nutrição: Uma vez que a alimentação e a nutrição são a base da saúde e da nossa actividade - é a razão pela qual existimos.

• Água: porque a continuidade da sua qualidade e disponibilidade é crucial para a vida, para a produção de alimentos e para as nossas actividades.

• Desenvolvimento rural: porque o bem-estar geral dos agricultores, comunidades rurais, trabalhadores, pequenos empresários e fornecedores é intrínseco à nossa capacidade de continuar a fazer negócios no futuro.

Estes três pilares estratégicos são fundamentais para o alcance do nosso objectivo de negócio global, que é "sermos reconhecidos como líderes em Nutrição, Saúde e Bem-Estar, tendo a confiança de todos os grupos interessados».

Todas as Companhias podem adoptar o conceito da Criação de Valor Partilhado. Apesar de, na Nestlé, adoptarmos a Criação de Valor Partilhado nos nossos negócios, não detemos direitos de autor sobre a mesma. A Criação de Valor Partilhado é uma forma de pensar que se encontra disponível para qualquer empresa que pretenda utilizá-la. Dedicamo-nos à melhoria contínua e este relatório traça o desenvolvimento da implementação da Criação de Valor Partilhado na nossa Companhia. Agradecemos os seus comentários sobre este relatório, uma vez que as críticas construtivas são essenciais para a nossa aprendizagem".

Paul Bulcke - Chief Executive Officer

Peter Brabeck-Letmathe - Chairman of the Board