Desenvolvimento Rural

“Antes de participar no programa, tudo era mais difícil. Mas hoje, quando olho para mim e para a minha família, tenho a certeza de que o futuro será mais promissor. E isto graças ao aconselhamento prestado pela Nespresso e ao preço mais elevado que nos é pago pelo nosso café. Agora, o café é um bem precioso – para mim, para a minha comunidade e para o nosso país...”
Leticia Monzon de Herrera, produtora agrícola

“Os produtores de café participam no Programa AAA da Nespresso, não somente porque o preço baseado na qualidade os motiva a realizar mudanças positivas nas suas explorações agrícolas, como também porque estamos aqui no local para os ajudar a melhorar as suas condições sociais e ambientais, proporcionando assim um futuro mais risonho às suas famílias e comunidades.”
Juan Diego Roman, Coordenador do Programa AAA da Nespresso para a América Central

Contexto


A agricultura emprega mais de um terço da população mundial activa, e três quartos da população pobre do mundo habitam em zonas rurais. A Nestlé despende, aproximadamente, CHF 20,4 mil milhões por ano em matérias-primas e trabalha, directamente, com cerca de 540 000 agricultores de modo a ajudá-los a aumentar a sua produtividade, a proteger o ambiente e a sair da pobreza. Cerca de 3,4 milhões de pessoas nos países em vias de desenvolvimento retiram a sua subsistência da nossa cadeia de aprovisionamento. Por conseguinte, podemos ter um impacto positivo a longo prazo no desenvolvimento económico e ambiental, bem como nas condições de vida, por vezes ajudando toda uma região a aumentar a sua produtividade agrícola e a melhorar o seu desempenho económico. Entre os desafios que se nos colocam estão a obtenção de aprovisionamento de forma a minimizar o impacto nas alterações climáticas e algumas questões sociais há muito existentes, tais como o trabalho infantil no sector rural.

Os nossos Objectivos
O bem-estar das comunidades de onde obtemos as nossas matérias-primas agrícolas e a mão-de-obra local são vitais, tanto para o nosso sucesso enquanto empresa como para o nosso valor accionista. Através do desenvolvimento rural, proporcionando emprego local e incentivando as práticas de produção sustentáveis, assim como da aquisição directa a pequenos fornecedores e intermediários, não pretendemos apenas proteger o fornecimento e a qualidade das nossas matérias-primas, mas ter também um impacto positivo a longo prazo na economia local, e nas condições de vida das populações rurais.

As nossas Acções
Em 2009 apoiámos fornecedores directos através da prestação de assistência técnica e da transferência de conhecimento, e concedemos empréstimos através do sistema de microcrédito num montante total de CHF 48 milhões, assegurando-nos de que as mesmas eram levadas a cabo de uma forma responsável e sustentável, através da implementação do Código de Fornecedor da Nestlé. O nosso princípio de desenvolvimento rural consiste em fabricar, sempre que possível, nos países onde nos abastecemos de matérias-primas; hoje em dia, cerca de metade das nossas [456] instalações fabris estão situadas nos países em vias de desenvolvimento, essencialmente nas zonas rurais, proporcionando localmente a criação directa de emprego para mais de 200 000 pessoas. Participamos também, activamente, em iniciativas multi-sectoriais que visam fomentar boas práticas.

O nosso desempenho
Durante o ano em análise intensificámos a nossa abordagem relativa ao desenvolvimento de fornecedores e à formação dos produtores agrícolas, tendo lançado mais acções no âmbito da Iniciativa para a Agricultura Sustentável da Nestlé (SAIN) a par com a comunicação em curso sobre o nosso Código de Conduta do Fornecedor, e a avaliação de acordo com os critérios aí definidos. Consolidámos, ainda, o nosso apoio à indústria do cacau, ao abrigo do Plano do Cacau, canalizámos CHF 460 milhões para iniciativas ligadas à ciência das plantas do café e do cacau nos próximos dez anos, e desenvolvemos a nossa política relativa ao óleo de palma.

Síntese da CVP:

  • Valor para a  Nestlé: Fornecimento de matérias-primas de qualidade assegurada a longo prazo; menores custos de aprovisionamento; preferência dos consumidores pelos nossos produtos; crescimento rentável.
  • Valor para a sociedade:Formação e assistência técnica; maior produtividade; culturas de qualidade mais elevada; redução da utilização de recursos; maior rendimento; mais oportunidades de emprego e desenvolvimento económico; consumidores conscientes de que os nossos produtos são seguros, de alta qualidade e produzidos utilizando práticas sustentáveis.