Nestlé junta-se ao Movimento Unidos Contra o Desperdício

Campanha nacional do Movimento arranca a 29 de setembro
Voltar aos Comunicados de Imprensa

A Nestlé acaba de aderir ao Movimento Unidos contra o Desperdício, juntando-se às mais de duas centenas de empresas e aos mais de dois mil particulares que, em conjunto, pretendem sensibilizar para a importância de combater o desperdício alimentar em Portugal, onde cerca de um milhão de toneladas de alimentos continua a ir para o lixo.

Unidos Contra o Desperdício

Este é um tema sobre o qual a Nestlé tem vindo a trabalhar, enquanto desafio complexo e global que necessita de uma ação coletiva em todas as fases da cadeia de valor. Por essa razão, a luta contra o Desperdício Alimentar é um dos quatro pilares de sustentabilidade da Nestlé, a par do Clima e Neutralidade Carbónica, da gestão do recurso Água e da Biodiversidade.

Desde a produção das matérias-primas, do seu transporte até à produção, passando pela fabricação e pelo consumo em casa do consumidor, todas as etapas têm na Nestlé metas claras para eliminação do desperdício. A mais recente dessas etapas foi o compromisso, assumido em junho de 2020, de reduzir em 50% a perda e o desperdício de alimentos ao longo da sua cadeia de valor da companhia.

“A adesão a este movimento por parte da Nestlé vem permitir o reforço de um já longo trabalho de colaboração com os nossos parceiros de negócio, no sentido de garantir que mais alimentos chegam do campo à mesa, bem como de partilhar com os consumidores informação essencial que os ajuda a reduzir o risco de desperdício em suas casas. Unidos, partilhamos conhecimento e experiência, tornando visível um problema que só pode ser enfrentado com sucesso se todos – empresas, entidades, instituições, cidadãos – o tomarmos como nosso”, afirma Gonçalo Granado, Diretor de Comunicação da Nestlé Portugal.

No âmbito desta adesão, a Nestlé vai participar na campanha nacional de comunicação e sensibilização que vai ser lançada pelo Movimento no dia 29 de setembro, data em que se assinala o Dia Internacional de Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentar, mas também do primeiro aniversário do Unidos Contra o Desperdício.

Tendo por objetivo facilitar o aproveitamento de excedentes, incentivar e facilitar a doação das sobras, bem como promover um consumo responsável, o Movimento Unidos Contra o Desperdício foi fundado a 29 de setembro de 2020, por iniciativa da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares e da vontade das nove entidades que se lhe juntaram, a propósito da designação do Dia Internacional de Consciencialização sobre perdas e desperdício alimentar, atribuído pela ONU. É um movimento cívico e nacional, agregador e educativo, que une a sociedade num combate ativo e positivo ao desperdício alimentar. Atualmente, conta com a adesão de 2045 particulares e de 218 empresas.