“Aliança para a Juventude” criou 150.000 oportunidades de trabalho e formação nos últimos dois anos

O programa “Aliança para a Juventude” e a JA Europe unem esforços para apoiar 500 escolas secundárias e estudantes de cursos técnico-profissionais a obter o diploma de “Competências em Empreendedorismo”

5 Nov, 2018

Aliança para a Juventude 

A Nestlé e a “Aliança para a Juventude” anunciaram hoje que criaram 150.000 oportunidades de trabalho e formação ao longo dos dois últimos anos. A iniciativa orientada para o negócio está a correr conforme o previsto para alcançar o compromisso de 230.000 oportunidades de trabalho e formação para jovens até 2020, na zona EMENA que agrupa a Europa, o Médio Oriente e o Norte de África.

Marco Settembri, CEO da Nestlé na zona EMENA, revela a sua satisfação com os resultados: “Estou muito contente por verificar que, em conjunto, já proporcionámos 150.000 oportunidades de emprego e formação para jovens nos últimos dois anos. Vamos continuar a envidar esforços para fortalecer esta colaboração na educação orientada para o negócio e a investir no futuro dos jovens”.

Recentemente, a “Aliança para a Juventude” também se uniu com a JA Europe, o principal fornecedor de programas educacionais de empreendedorismo na Europa, para ajudar os jovens a ganhar competências de empreendedorismo. O objetivo desta colaboração sem precedentes é apoiar 500 escolas e estudantes em formação profissional a obter o certificado de “Competências em Empreendedorismo”.

Este anúncio chega durante a Semana Europeia de Formação Profissional que se realiza entre 5 e 9 de novembro. Tal como nas duas anteriores edições, a Nestlé e a “Aliança para a Juventude” marcam uma presença forte na iniciativa ao organizar mais de 40 eventos e atividades locais para sublinhar a importância dos estágios e dos cursos lecionados em contexto de trabalho.

Resultados Aliança para a Juventude: 2014 a 2017 

Conheça aqui os resultados alcançados em Portugal pela iniciativa Aliança para a Juventude entre 2014 e 2017, e os seus compromissos até 2020.