Sort by
Sort by

Três startups vão inovar com a Nestlé em projetos que prometem ajudar consumidores a terem hábitos mais saudáveis

4ª Edição do START and CO.

Voltar aos Comunicados de Imprensa
  • 4ª edição do programa de inovação START and CO. 2022 chega ao fim com três projetos finalistas que passam agora à fase de co-criação.
  • 10pple, Little One e Shoppermotion foram as startups selecionadas para colaborar com a Nestlé, em Portugal e em Espanha.

 

São três as startups finalistas da edição do START and CO. 2022, o programa de Open Innovation que resulta de uma parceria entre a Nestlé e a Nova School of Business & Economics (Nova SBE), através do qual se procura talento internacional de startups para co-criar o futuro da Alimentação, Nutrição e Bem-Estar. A esta quarta edição candidataram-se 80 startups, das quais saíram agora os três finalistas que vão passar à fase de co-criação e de exploração de sinergias comerciais, duas são sul-coreanas – 10pple e Little One – e uma é espanhola Shoppermotion.

START and CO. 2022

 

No seu quarto ano de realização, o programa START and CO. registou um dos maiores níveis de participação, onde, das 80 candidaturas iniciais, 48 startups de 23 países diferentes foram consideradas e avaliadas para o Top 10 da primeira fase de seleção, o Pitch aos experts da Nestlé. Na segunda fase, a de Matchmaking, o programa contou com 4 startups, de onde resultaram os três projetos finalistas da edição 2022, que agora vão passar à fase de co-criação, de prototipagem e de exploração de sinergias comerciais com as equipas da Nestlé Portugal e da Nestlé Espanha.

  • 10pple: Esta startup sul-coreana desenvolveu uma tecnologia que permite prever e prevenir a obesidade nos animais de estimação, tendo respondido aos desafios “Interfaces digitais do futuro - Como podem os sistemas interagir sem descontinuidades com os consumidores, estando plenamente integrados com os seus hábitos de vida?” e “Novos canais (digitais) - Que novas formas para chegar a todos os consumidores?”
  • Little One: Também da Coreia do Sul, a Little One candidatou-se com um projeto de dispositivos inteligentes para bebés com o objetivo de recolher e monitorizar diferentes aspetos das suas atividades diárias. Com este projeto, esta startup respondeu ao desafio “Interfaces digitais do futuro - Como podem os sistemas interagir sem descontinuidades com os consumidores, estando plenamente integrados com os seus hábitos de vida?”
  • Shoppermotion: De Espanha, a startup Shoppermotion desenvolveu uma tecnologia que fornece análises e dados em tempo real sobre o comportamento diário do cliente, tendo com este projeto respondido ao desafio “A ascensão do novo retalho – Respostas às novas tendências no retalho do futuro?”

 

A iniciativa lançada, em conjunto, pela Nestlé Portugal e pela Nestlé Espanha com o Nova SBE Innovation Ecosystem conseguiu reunir o que de melhor se faz em termos de inovação a nível internacional nas áreas de Nutrição, Saúde, Bem-Estar e também na Sustentabilidade, com foco no digital.

Apostar em ideias que façam a diferença na vida das pessoas é o mote principal deste programa de empreendedorismo, onde as startups têm a oportunidade de poder colaborar com a Nestlé nos dois países ibéricos para fazer crescer os seus projetos num ambiente real de mercado, com mentoria e formação para a conceção e desenvolvimento dos seus projetos.

Andreia Vaz, Innovation Beyond the Core Iberian Director na Nestlé, sublinha: “o START and CO é um programa de open innovation já consolidado, que a cada edição tem sido capaz de entregar ao mercado soluções verdadeiramente disruptivas e agregadoras que permitem ajudar os consumidores a melhor adequar as suas escolhas alimentares a hábitos de vida mais saudáveis e equilibrados, tirando partido de todo o potencial tecnológico da Internet of Things. Co-criar com estas startups é uma mais-valia para todos, empreendedores, Nestlé e Academia, entregando um benefício direto ao consumidor.”

Para Rui Coutinho, Diretor Executivo do Nova SBE Innovation Ecosystem, “este ano tivemos a oportunidade de conhecer diversas startups com um nível de maturidade avançado que nos surpreenderam com soluções inovadoras e que fazem sentido explorar. Esta parceria une o melhor dos três mundos: a academia, as empresas e as startups e é uma enorme inspiração acompanhar o desenvolvimento de ideias e projetos com tanto potencial. Este programa é a materialização do que acreditamos e ambicionamos para o Nova SBE Innovation Ecosystem.”

Das anteriores edições em Portugal já resultaram 31 projetos pioneiros como a Buggle, a Fidufoods, a Goodbag, a Macco Robotics, a Petable, a Phamo e a Progrow, entre outras, que continuam em aceleração e a colaborar com a Nestlé em novos modelos de negócio, digitalização de sistemas e academias de aprendizagem online, tanto a nível ibérico, como europeu.