Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Nestlé acelera ação para combater resíduos de plástico

Back to Press releases
Jan 15, 2019

Nestlé acelera combate aos resíduos de plástico 

A Nestlé divulgou hoje a sua visão para alcançar um futuro livre de resíduos e anunciou um conjunto de ações específicas para cumprir o compromisso, anunciado em abril de 2018, de tornar 100% das suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025, com um foco particular em evitar resíduos plásticos.

O CEO da Nestlé, Mark Schneider, afirmou: “A nossa ampla visão e o nosso plano de ação definem o nosso compromisso e a nossa abordagem específica para tratar da questão dos resíduos de embalagens de plástico.

Embora estejamos comprometidos em encontrar opções de reciclagem onde for viável, sabemos que 100% de reciclagem não é suficiente para enfrentar com sucesso a crise dos resíduos plásticos. Precisamos de desafiar os limites e de fazer mais. Estamos determinados a analisar todas as opções para resolver este complexo desafio e adotar várias soluções que podem ter um impacto no presente. Acreditamos no valor dos materiais recicláveis e compostáveis à base de papel e nos polímeros biodegradáveis, principalmente nos casos onde não existe uma infraestrutura de reciclagem.

Uma ação coletiva é vital e é por isso que estamos também a envolver os consumidores, os parceiros de negócios e todos os nossos colegas da Nestlé para fazerem a sua parte.

Podem contar conosco para sermos líderes neste espaço!

Abordar a questão multifacetada da poluição por plástico requer uma visão holística e um esforço bem orquestrado. Para cumprir esse objetivo são necessárias ações específicas. Em linha com esta abordagem, a Nestlé anunciou hoje medidas concretas para o desenvolvimento pioneiro de materiais alternativos, para moldar um futuro livre de resíduos e impulsionar a mudança de comportamento.

 

No pioneirismo de materiais alternativos

Em dezembro de 2018, a Companhia anunciou a criação de seu Nestlé Institute of Packaging Sciences para avaliar e desenvolver vários materiais de embalagem sustentáveis e colaborar com parceiros industriais no desenvolvimento de novos materiais e soluções de embalagem.

Entre 2020 e 2025, a Nestlé eliminará gradualmente todos os plásticos que não são recicláveis ou que são difíceis de reciclar em todos os seus produtos em todo o mundo, de acordo com uma lista de materiais já identificados, designada: Lista Negativa. Simultaneamente, a Nestlé está a lançar também materiais de embalagem alternativos em todo o seu portefólio global de produtos e a estabelecer parcerias com os melhores especialistas em embalagens:

  • A partir de fevereiro de 2019, a Nestlé começará a eliminar todas as palhinhas de plástico dos seus produtos, utilizando materiais alternativos, como papel, bem como designs inovadores para reduzir o desperdício.
  • A Nestlé começará também a lançar embalagens de papel para o Nesquik, no primeiro trimestre de 2019, e para o seu novo produto da marca YES! snack-bar, na segunda metade de 2019. A marca Smarties começará a lançar embalagens sem plástico também este ano e a marca Milo chegará ao mercado em bolsas de papel em 2020.
  • A Nestlé Waters aumentará em 35% o teor de PET reciclado nas suas garrafas até 2025 a nível global e atingirá os 50% nos Estados Unidos, com um foco específico na sua marca icónica Poland Spring. A Nestlé Waters aumentará ainda o conteúdo de PET reciclado até 50% nas embalagens das suas marcas europeias Acqua Panna, Buxton, Henniez e Levissima até 2025.
  • Uma reciclagem bem-sucedida requer uma infraestrutura adequada, que atualmente nem sempre está disponível. O Nestlé Institute of Packaging Sciences está a explorar, entre outras alternativas, novos materiais à base de papel e polímeros biodegradáveis/compostáveis que também são recicláveis. Estes podem-se tornar uma opção valiosa em lugares onde a infraestrutura de reciclagem ainda não existe e onde não estará disponível ainda durante algum tempo.
  • A Nestlé está também a colaborar com parceiros externos. A empresa formou uma parceria global com a Danimer Scientific para desenvolver uma garrafa reciclável para o seu negócio de águas que seja biodegradável no mar. A Danimer Scientific, com sede em Bainbridge, na Geórgia (EUA) é pioneira na criação de formas mais sustentáveis e mais naturais de fabricar produtos de plástico.
  • Além disso, a Nestlé iniciou uma colaboração com a PureCycle Technologies para produzir Polipropileno reciclado (PP) food-grade (adequado para produtos alimentares). A PureCycle Technologies está a comercializar tecnologias inovadoras de reciclagem que podem remover cor, odor e contaminantes de resíduos plásticos utilizados como matéria-prima, com o objetivo de os transformar numa resina quase-virgem. O polipropileno é um polímero comumente utilizado para embalar alimentos em bandejas, copos ou em garrafas.

 

Moldar um futuro livre de resíduos

Para além de cumprir o seu compromisso de 2025, a Nestlé tem uma ambição de longo prazo para interromper a chegada de plástico ao meio ambiente em todas as suas operações a nível global. Isto ajudará a evitar a acumulação de plásticos na natureza e a alcançar a neutralidade plástica.

O lixo plástico no oceano representa uma ameaça particular à Indonésia, assim como a outros países do Sudeste Asiático. A Nestlé tornou-se a primeira empresa de alimentos e bebidas parceira do Project STOP, que foi lançado na Indonésia em 2017. O Project STOP é uma iniciativa líder para evitar a entrada de plástico no oceano através do desenvolvimento de parcerias com cidades e governos no Sudeste Asiático. O Project STOP está a criar sistemas de resíduos sustentáveis, circulares e de baixo custo, com o objetivo de capturar o máximo de valor possível do lixo. Apoia as muitas iniciativas locais existentes e os recolhedores informais de lixo nas áreas costeiras da Indonésia. Nos próximos meses, a Nestlé levará as aprendizagens deste projeto a outros países onde opera, num esforço para atingir uma "neutralidade plástica" nesses mercados. Sobre este tema a Nestlé fornecerá mais detalhes no momento apropriado.

 

Moldar novos comportamentos

Enfrentar o desafio do lixo plástico requer uma mudança de comportamento de todos nós. A Nestlé está comprometida em liderar mudanças duradouras e impactantes. Sabemos que não há lugar melhor para começar do que dentro de nossa própria empresa.

  • Todas as 4200 instalações da Nestlé em todo o mundo estão comprometidas com a eliminação de itens plásticos descartáveis que não podem ser reciclados. Esses itens serão substituídos por materiais que podem ser facilmente reciclados ou reutilizados. Encorajamos o consumo de todos os nossos produtos em todos os locais onde estamos presentes. Para os materiais recicláveis, como o PET e o alumínio, garantiremos que os meios adequados para os recolher e tratar estejam disponíveis onde forem consumidos e que o nosso compromisso com a reciclagem esteja bem comunicado.
  • Os funcionários da Nestlé em todo o mundo e em todos os níveis dedicarão os seus dias de voluntariado à remoção de lixo e participarão em atividades de limpeza no Dia Mundial dos Oceanos, em 8 de junho de 2019. Para liderar este caminho, o Executive Board da Nestlé e os colaboradores da sede mundial da Companhia, na Suíça, serão voluntários na limpeza das margens do Lago Genebra em maio de 2019.

Responder ao desafio do lixo plástico e lutar por um impacto ambiental zero nas suas operações é parte integrante do compromisso da Nestlé em criar valor partilhado para os acionistas e para a Sociedade. A Nestlé está particularmente dedicada em acelerar a sua ação no combate à questão dos resíduos plásticos e em reportar publicamente o seu progresso.

 

Nestlé Portugal na linha da frente do compromisso

Em linha com os compromissos anunciados em abril de 2018, a Nestlé Portugal está na dianteira do processo de redução da utilização de plástico e a tomar medidas concretas. Já durante o mês de janeiro todas as paletines (para mexer o café) que apoiam, nos pontos de vendas, as cinco marcas de café torrado da Nestlé – BUONDI, SICAL, TOFA, CHRISTINA e NESCAFÉ – deixarão de ser em plástico e passarão a ser em madeira. Ainda no nosso negócio de café, está a ser estudada a substituição dos copos de plástico disponibilizados nas máquinas de vending por copos recicláveis, em papel cobertos por material mineral.

No que respeita aos materiais de embalagens, estão já em fase de ensaios, na fábrica de Avanca (multiproduto), bolsas 100% recicláveis para embalamento de produtos da gama de nutrição infantil e novos materiais de embalagens para o Nesquik achocolatado.

Também na nossa fábrica de Avanca o filme retráctil (para envolvimento de packs de várias embalagens) será substituído progressivamente por cartão até ao final do ano. Na fábrica de cafés torrados do Porto vão ser testadas até finais de março duas novas estruturas 100% recicláveis para embalagens de café, em grão e moído, para o lar.

Alinhado com a iniciativa global, os colaboradores da Nestlé Portugal vão realizar ações de recolha de plástico em algumas praias portuguesas, como forma de assinalar o Dia Mundial dos Oceanos, celebrado a 8 de junho.

Article Type